sexta-feira, 17 de novembro de 2017

ESPORTE – Cabugi Goats vai para a disputa da Superfinal da Liga Nordeste de Flag Football



Delegação do Cabugi Goats
Na noite dessa sexta-feira (17) a equipe lajense Cabugi Goats, embarcou para a cidade de Sobral no estado do Ceará onde irá disputar da Superfinal da Liga Nordesde de Flag Football (modalidade esportiva ligada ao Futebol Americano).
Os jogos da Superfinal acontecem no sábado (18) e domingo (19), além do Cabugi Goats irão participar as equipes: Bulls Potiguares (RN), São Tomé Potros Flag Football (RN), Codó Snakes Futebol Americano (MA), Parnamirim Rockets (RN), Águias Team Flag Football (MA).

Para a viagem ao Ceará o Cabugi Goats conta com o apoio da Prefeitura de Lajes, através da Secretaria da Juventude Esporte e Lazer.
Os jogos teram transmissão AO VIVO via Facebook através da página: facebook.com/LigaNordesteDeFlag



lV OPEN CABUGI TAEKWONDO 2017 !! NESTE SÁBADO DIA 18 DE NOVEMBRO


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Suspeito de receber propina em escândalo da Fifa, advogado argentino se suicida



Fonte: IstoÉ

O argentino Jorge Delhon se suicidou nesta terça-feira, em Lanús, Argentina. O advogado, de 52 anos, estava supostamente envolvido no esquema de corrupção conhecido como “Fifagate”.
Delhon foi citado na deleção de Alejandro Burzaco, ex-diretor-executivo da empresa argentina de marketing esportivo Torneos y Competencias, que admitiu ter subornado a Fifa para obter direitos de transmissão de TV das Copas de 2018, 2022, 2026 e 2030.
Burzaco revelou na última terça-feira, nos Estados Unidos, que entre 2011 e 2014 pagou propina de US$ 4 milhões a Delhon e Alejandro Paladino, coordenador do “Fútbol Para Todos”, programa recentemente cancelado, no qual as partidas eram transmitidas desde 2009.
O “Fifagate” foi revelado em maio de 2015, às vésperas da reeleição de Joseph Blatter como presidente da Fifa. Uma operação policial nos EUA e Suíça realizou várias prisões.
Em dezembro do ano passado, a Torneos y Competencias negociou um acordo com as autoridades americanas para pagar US$ 113 milhões de multa.

Rádio Voz Profética uma Nova Mensagem no Ar

Ranking aponta Pipa com duas praias entra as 15 mais bonitas do Brasil



Resultado de imagem para baia dos golfinhos rn
Resultado de imagem para praia do madeiro rn
Seja para tomar sol, caminhar, se refrescar no mar ou fazer esportes, ir para a praia é sempre sinônimo de descanso e hora de recarregar as baterias.
Apesar de o nosso país ser privilegiado, com cerca de 7,4 mil quilômetros de litoral, nem todos nós temos a sorte de morar perto de uma praia .
E com tantas opções para escolher, de norte a sul do Brasil, às vezes fica até difícil escolher.
Como as férias de verão estão chegando e sei que muita gente vai querer dar uma escapadinha para ficar perto do mar, nem que seja por alguns dias, resolvi ir atrás das mais belas praias do nosso litoral. Para ninguém dizer que estou puxando a sardinha deste ou daquele lugar, me baseei numa lista elaborada pelo TripAdvisor, o maior site de viagens do mundo, com mais de 435 milhões de comentários e opiniões sobre tudo que se relaciona ao assunto.
O ranking é feito com base nas avaliações feitas turistas do mundo inteiro, gente como a gente, nos últimos 12 meses. A lista, chamada de Travellers’ Choice Awards é divulgada anualmente, desde 2002, e elege também hotéis, restaurantes, museus, empresas aéreas e quase tudo que se relaciona ao turismo.
Bom, mas chega de falação e vamos ao que interessa… as 15 mais belas praias do litoral brasileiro e o que dizem alguns frequentadores (comentários retirados do TripAdvisor). Para a nossa felicidade, tem duas potiguares entre as 15. Baia do Golfinho e Praia do Madeiro ambas na PIPA.
  1. Baía do Sancho / Fernando de Noronha
“A vista do alto da praia impressiona. A cor do mar é linda! Águas transparentes e praia com acesso um pouco difícil. Você precisa descer uma escada no meio das pedras. Não indico para pessoas de mais idade e com crianças de colo. Melhor ir de barco.” – Flavia R.
“Não à toa foi eleita a praia mais linda do mundo! É lindíssima, beira o inacreditável, e está ali diante de nós! Você começa descendo uma escada no meio das pedras e mais escadas pra ter acesso à praia, a não ser que você vá de barco (mas só fica no barco). Sobre a estrutura não há! Rssss. Não há vendedores, barracas, nada! Compre sua água na base na entrada do parque ecológico, seus petiscos, vá fundo e mergulhe nesse paraíso!!!” – Alex S.
6.644 avaliações
86% excelente
  1. Praia dos Carneiros / Tamandaré
“Praia incrível e muito tranquila. A variação da maré é impressionante e dá à praia características muito diferentes ao longo do dia. Vale a pena ficar em um dos sítios ou pousadas localizadas na praia.“- Paulo H.
“A praia é única, com certeza é umas das mais lindas do mundo. A beleza natural deste lugar é indescritível. Coqueiros que fazem o contorno da orla desta praia dão um visual ímpar ao lugar. Falando a verdade, não tem como a gente expressar a beleza deste lugar escrevendo um comentário, aos viajantes que lerem este post, podem ir sem medo de fazer este passeio. Para quem estiver em Porto de Galinhas, o passeio dura quase o dia todo, mas a recompensa é grande.” – José Fabio P.
8.955 avaliações
71% excelente
  1. Praia do Forno / Arraial do Cabo
“Um dos lugares mais lindos que já visitei. Praia com acesso através de uma trilha leve, pela trilha já da pra ter uma vista maravilhosa. Mar cristalino, o verdadeiro Caribe brasileiro.”- Clarissa C.
“Só é possível acessar a praia por barco ou por uma trilha que se inicia perto da entrada do pier da cidade. Apesar de ser razoavelmente estruturada, achei a trilha um pouquinho perigosa, pois a inclinação dos degraus de pedra e o acúmulo de areia fazia com que escorregássemos em alguns pontos, mas nada que a cautela não resolva. A praia vale todo o esforço! Tem um visual incrível e as poucas ondas favorecem a prática de standup e kaiak. A água é menos gelada (comparando-se às outras praias de Arraial) e nos cantos da praia, o verde clarinho das águas encanta. As tartarugas costumam ficar nesses cantos e pode ser que consiga nadar pertinho de uma delas. Do alto se consegue fotos incríveis da praia. Há um mirante com uma pedra obrigatório para uma fotografia linda.” – Ana Carolina Z.
5.408 avaliações
66% excelente
  1. Praia do Farol / Arraial do Cabo
“A praia tem a fama de ser considerada perfeita, e quando chegamos lá não há como discordar. A praia, que é controlada pela Marinha, tendo limites de pessoas e tempo de permanência, oferece areia branca e um mar que começa transparente indo aos tons de verde e por fim ficando azulado… a água fria se torna irresistível e compensadora quando mergulhamos. E como se não bastasse ainda temos dunas de areia ao fundo que permitem uma vista da praia do alto.” – Tiago Varjão
“Lugar maravilhoso. Lindo demais. Águas cristalinas. Acesso apenas de barco, pois é cuidada pela Marinha Brasileira. Vale demais a parada para mergulhar nesse lugar. Possibilidade de cruzar com tartarugas 🙂” – Marcello Vieira
3.499 avaliações
73% excelente
  1. Prainha / Rio de Janeiro
“Fomos na Prainha por indicação de um amigo carioca. Estávamos hospedados na Barra, então não era muito longe. Tem boa estrutura de serviço de praia. Mar mais agitado, território dos surfistas. Nem parece que estávamos no RJ, pois fica afastado do cenário de prédios.”  – Marília A.
“A praia mais tranquila da cidade, você só chega de carro, o estacionamento é mínimo e há limite de veículos, portanto chegue cedo, muito cedo porque é praia de surfistas. Tem quiosque que vende água, mas recomendo levar a sua, pois os ambulantes não dominam a área. No final da praia tem aluguel de cadeira e barraca, mas leve a sua. É a praia pra quem não gosta de muvuca.” – Zaira M.
4.080 avaliações
66% excelente
  1. Cacimba do Padre / Fernando de Noronha
Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha- A praia da Cacimba do padre
“Acho que esta é a praia mais fotografada pelos turistas e não é por menos. A natureza deste local impressiona e irá ficar guardada na sua memória para sempre. Inesquecível!” – Ana A.
“A praia da Cacimba do Padre é um dos pontos mais famoso da ilha com vista do morro Dois Irmãos o cartão postal de Fernando de Noronha. É também a praia preferida dos surfistas. O acesso é fácil. Em dias de mare baixa é recomendável fazer a trilha da Costa Azul ou Esmeralda para acessar, pois dá para curtir outros pontos da ilha. Neste local tem um restaurante bem rústico. A estrada de acesso ao local é chão batido.” – Janete S.
2.649 avaliações
72% excelente
  1. Baía dos Golfinhos / Pipa
“Para chegar à praia é preciso andar um pouco e desviar de algumas pedras, mas nada que atrapalhe ou que torne impossível conhecer esse lugar de banho calmo e agradável. Tivemos um pouco de paciência e foi possível ver os golfinhos de perto.” – Diego C.
“Pra chegar às praias é necessário sempre estar atento à tábua de mares, pois os acessos a praia se fecham com a maré alta. No fim de tarde é possível ver os golfinhos na baía. A praia não tem ondas fortes. Tem infraestrutura de quiosque!”  – Thata M.
4.965 avaliações
73% excelente
  1. Grumari / Rio de Janeiro
“Longe da poluição, lindo cenário , mas para chegar ao local, só de carro. Não existe outro tipo de transporte. Em tempo: águas cristalinas e ondas para praticantes de surfe.” – Edson A.
“Essa é uma das praias mais gostosas do Rio. É deserta e fica na Barra. Precisa se planejar com condução para levar e buscar. Celular não pega em Grumari. Tem um quiosque muito bom para almoçar. Indico levar uma mochila com bebida e petiscos.” – Renata A.
3.299 avaliações
73% excelente
  1. Prainhas do Pontal da Atalaia / Arraial do Cabo
“Água cristalina mas beeeeem gelada e areia branca . Local espetacular e, na minha opinião, é mais bonita que a praia do Farol. O acesso é feito de barco ou por carro onde é cobrado uma taxa de R$ 10. O acesso é limitado a 250 veículos e fica dentro de um condomínio.” – Renato O.
“A Praia é liiinda. Os tons de azul fascinam. Quando fui, estava limpa e não estava tão cheia. A areia é bem branquinha. Tem uma escada gigantesca para chegar, mas vale a pena pois a vista é maravilhosa, e dá força para continuar rss” – Jéssica P.
4.433 avaliações
84% excelente
  1. Arpoador / Rio de Janeiro
Rio de Janeiro registra 42 graus nesta sexta-feira (09). Na imagem, milhares de pessoas lotam a praia do Arpoador
“Praia legal… principalmente pela famosa Pedra do Arpoador de onde se curte um por do sol incrível… mas incrível mesmo… e uma linda vista para o mar. Vá cedo para pegar um lugar legal. Apesar de ter policiamento deve-se ter bastante atenção.” – Gisele B.
“Praia do Arpoador é parada obrigatória no verão carioca. Gosto muito de juntar os amigos, levar um vinho gelado e apreciar o por do sol. Nos dias muito quentes, dá para ficar até tarde pois é bem iluminado. Para quem acorda cedo, é uma boa forma de começar o dia. Normalmente as aguas são límpidas e sem muita onda.” – Márcia Cristina R.
14.344 avaliações
67% excelente
  1. Lopes Mendes / Ilha Grande
“Praia bacana, bonita e extensa. Areia fininha e vista linda. O acesso não é tão simples, mas vale a pena. Ah, não tem quiosques e cadeiras de praia. Por isso, vale a pena levar água e alguma comidinha leve.” – Thierri O.
“Uma linda praia que vale a pena conhecer quando estiver na Ilha. Para chegar na praia de Lopes Mendes dá para ir de barco até a praia do Pouso e de lá fazer uma trilha, que leva em média de 20 a 30 min. Quem gosta desse tipo de exercício vai adorar, pois a praia é muito boa, de areia branquinha e bem rústica. Total contato com a natureza. É bom levar lanches e água porque lá não tem estrutura comercial.” – Heide Karine L.
4.842 avaliações
73% excelente
  1. Itacoatiara / Niterói
“A praia de Itacoatiara é ótima para curtir com os amigos e familiares. Só peca pela falta de infraestrutura (banheiros e chuveiros/duchas). Às vezes tem vendedores ambulantes que vendem lanches. Os quiosques durante a semana nem sempre abrem, e por isso, se você for visitar nesse intervalo, leve água ou uns biscoitos para não passar fome. A praia tem águas de ondas fortes, mas próximo as pedras tem uma prainha quase escondida que tem águas bem límpidas e mais tranquilas. Como todo mar no Rio, a água é super gelada, mas é maravilhosa para quem curte um pouco de friozinho.” – Anny T.
“Praia com um visual paradisíaco. Muito verde e com uma galera jovem bonita. Mar agitado, mas para as crianças tem uma espécie de prainha com ondas leves. Ideal para surfistas.” – Danielle R.
3.481 avaliações
74% excelente
  1. Praia da Conceição / Fernando de Noronha
“Praia de tombo, com a maré alta fica perigosa para crianças. Mas com a maré baixa é excelente. Larga faixa de areia e ótima para mergulho com snorkel. O por do sol visto desta praia é espetacular. Vale a pena” – Flavia R.
“A visita a praia da conceição é confortável, pois tem o bar Duda Rei e cadeiras para alugar. Desta vez pegamos o mar um pouco agitado e foi preciso muito cuidado na hora de entrar e sair. Outra vantagem desta praia e a facilidade de acesso, nós fomos a pé, mas é possível chegar de carro.” – Ana T.
2.175 avaliações
73% excelente
  1. Barra / Rio de Janeiro
“Na minha opinião é a melhor praia do Rio de Janeiro, levando em consideração segurança, limpeza e extensão. São 10 km de extensão, possui uma ótima ciclovia para atividades” – Paulo I.
“Água bem limpa, praia mais segura que as outras do Rio de Janeiro. Como venta bastante, tem muitas pessoas praticando esportes aquáticos. Muitos quiosques. Diversão garantida!!!” – Nilza F.
2.827 avaliações
62% excelente
  1. Praia do Madeiro / Pipa
“Uma praia muito bonita, cercada de verde e abrigada do vento. Há alguns bares de praia, com preços salgados e com uma ‘guerra’ entre os que ali trabalham para atrair clientes. No canto direito da praia há um pico de surf, point break. Com a maré vazia o banho e tranquilo, mas quando ela enche, nem tanto. Vimos alguns golfinhos por lá.” – Gabriel C.
“A praia do Madeiro é sensacional por todos os ângulos. É uma praia reservada com pouco movimento, mas possui um bar do único hotel que tem nesta praia que tem deliciosas refeições. Para chegar nesta praia é preciso ir de carro ou transporte público. Chegando lá tem que descer uma escada com muitos degraus (único acesso), mas a vista da escadaria é de tirar o fôlego de tão linda. Praia de poucas ondas, ótima para nadar e ir com crianças, água quentinha, areia fofinha e clarinha, o mar de uma cor incrível, praia limpa e para completar uma vegetação exuberante. O melhor de tudo….nesta praia tem golfinhosssssss…e muito fácil avista-los!!” – Patrícia S.
Fonte: Veja com publicação do AGORA

Terminal de cargas do Aeroporto de Natal tem exportação recorde de frutas



Fonte: Via bg

84 toneladas de frutas foram enviadas à Europa no último domingo
O Terminal de Cargas do Aeroporto de Natal, administrado pela Inframerica, atingiu a marca recorde de exportação de frutas em um único dia. No último domingo (12), foram enviadas à Europa no voo cargueiro semanal 84 toneladas de cargas de mamão, abacaxi, manga e melão de produtores potiguares.
Uma semana antes, em 5 de novembro, foi registrada a segunda maior remessa de frutas exportadas pelo Terminal, somando 81 toneladas. De todas as exportações realizadas pelo Aeroporto de Natal, 71% correspondem a frutas.
“Com a crescente demanda, o Aeroporto de Natal mantém a capacidade para atendê-la. Esse aumento representa mais receita para os exportadores, bem como mais oportunidades para a região potiguar. Investimos para ter um Terminal de Cargas moderno e eficiente”, afirma o diretor de operações da Inframerica, Juan Djedjeian.
Toda a carga exportada foi acomodada em 175 pallets estocados no porão de um Boeing 777, aeronave que comporta 10% a mais de carga quando comparado ao avião que fazia o trecho até o mês de agosto, um MD11F. Atualmente, o avião da companhia alemã tem capacidade para até 104 toneladas e opera todos os domingos.
O estado do Rio Grande do Norte é também o maior exportador nacional de peixes das espécies atum e meca, que representam cerca de 26% do volume enviado ao mercado internacional. Na última remessa, três toneladas de pescados foram enviadas a Frankfurt, na Alemanha. Atualmente as principais importações do Terminal atendem a empresas processadoras de energia eólica, a indústria têxtil potiguar, a automotiva pernambucana e institutos de pesquisa e universidades.
O Terminal de Cargas foi projetado para receber diferentes produtos. O espaço possui sete câmaras frias com capacidade de armazenamento de 1,3 mil m³. As salas de refrigeração têm diferentes temperaturas para se adequar aos mais perecíveis mercadorias. Tal diferenciação garante que os pescados sejam entregues frescos aos destinos mais distantes.
Com quatro mil metros quadrados de área, o Terminal também dispõe de um curral dedicado ao manejo de cargas vivas. Em janeiro de 2015, a área foi inaugurada com a exportação de 150 bovinos ao Senegal. A partir de então, o Terminal passou a ser o único do Nordeste com estrutura para realizar esse tipo de operação.

domingo, 12 de novembro de 2017

EBD LAJES/RN - LIÇÃO 07 – A Salvação pela Graça | 12/11/2017


biblia15

INTRODUÇÃO
A Lei no Antigo Testamento tem a função de instruir e ensinar ao povo o que Deus estabeleceu aos israelitas a fim de eles terem um convívio próspero, pacífico e harmonioso na terra de Canaã. Os mandamentos contêm preceitos indispensáveis de moral, de ética e de vida religiosa, sem os quais o povo viveria num caos. Entretanto, na impossibilidade de os seres humanos cumprirem plenamente a Lei para tornarem-se justos, Deus nos outorgou a sua maravilhosa graça.
I. LEI E GRAÇA 
1. O propósito da Lei. A Lei tem o propósito espiritual de mostrar quão terrível é o pecado — “pela lei vem o conhecimento do pecado” (Rm 3.20) —, bem como o propósito concreto de preservar o povo de Israel do pecado. Mais tarde, a Lei também revelaria quão grande é a necessidade do ser humano, pela graça, obter a salvação, pois era impossível cumprir plenamente a Lei de Deus no Antigo Testamento (Rm 7.19; Tg 2.10). Entretanto, sob o ponto de vista dos aspectos morais da Lei, há princípios que continuam vigorando até os dias atuais. Esses princípios, conforme resumidos no Decálogo — os Dez Mandamentos —, representam nossas obrigações éticas para com Deus e com o próximo (Êx 20.1-17). Esse é o caminho traçado pelo Altíssimo para nós no processo de santificação efetivado pelo Espírito Santo (Jo 14.15; Jo 16.8-10). Nesse sentido, a própria lei moral de Deus é uma expressão de sua graça que representa a revelação clara de sua vontade santa, justa e boa (Rm 7.12).
2. A Lei nos conduziu a Cristo. A Lei foi uma espécie de guia para encontrarmos a Cristo por meio da graça (Gl 3.24). Ela nos convence, pela impossibilidade de ser cumprida, de que não podemos alcançar a salvação sem Cristo. Desse modo, quando a Lei se faz a própria justiça do homem, como mérito dele, ela se torna depreciativa, impossibilitando o ser humano de alcançar a salvação que só é possível mediante o evangelho da graça de Deus (Ef 2.8).
3. A graça revela que a Lei é imperfeita. Paulo constata a superioridade do Espírito em relação à Lei (Gl 5.18) e, que por isso, morremos para a Lei (Rm 7.4; Gl 2.19). Assim, o escritor aos Hebreus revela que a Lei é imperfeita (Hb 8.6,7,13) e o apóstolo João afirma que foi Cristo quem trouxe a graça e a verdade (Jo 1.17). Sim, a graça é superior à lei! Logo, segundo as Escrituras, só existe a Lei por causa do pecado e para apontá-lo: “Que diremos, pois? É a lei pecado? De modo nenhum! Mas eu não conheci o pecado senão pela lei” (Rm 7.7).
II. O FAVOR IMERECIDO DE DEUS
1. Superabundante graça. Não há pecador, por pior que seja, que não possa ser alcançado pela graça divina, pois onde abundou o pecado, que foi exposto pela Lei, superabundou a graça de Deus (Rm 5.20). Por meio da compreensão dessa maravilhosa graça, o apóstolo João escreveu: “se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo” (1Jo 2.1).
2. Fé e graça. A graça opera mediante a fé no sacrifício vicário de Cristo Jesus. Ambas, fé e graça, atuam juntamente na obra de salvação: a graça, o presente imerecido de Deus; a fé, a contrapartida humana à obra de Cristo. Nesse sentido, não é a fé que opera a salvação, mas a graça de Deus que atua mediante a fé do crente no Filho de Deus (Rm 3.28; 5.2; Fp 3.9).
3. A graça não é salvo conduto para pecar. Segundo o ensino das Sagradas Escrituras, a graça jamais pode ser vista como um salvo conduto para a prática do pecado ou da libertinagem (Gl 5.13). Pelo contrário, a graça de Deus nos convoca à obediência ao doador da graça, pois quando se ama fazemos de tudo para agradar a pessoa amada. Por isso, o amor de Cristo nos “constrange” (2Co 5.14) a fazer algo que agrade ao Pai (1Ts 4.1). Logo, quem é alcançado pela graça compreende o quanto somos devedores a Deus e aos irmãos (Rm 13.8) e, por isso, desejamos amar o outro como Cristo amou (Jo 13.35). Os que estão sob a liberdade da graça vivem a santidade que reflete a beleza de Cristo no homem interior, onde este se revela vivo para Deus, mas morto para o pecado (Rm 6.11,13).
III. O ESCÂNDALO DA GRAÇA
1. Seria a graça injusta? Se comparada com a humana, a justiça divina é imensamente perdoadora. Logo, sob a ótica humana, a graça se torna injusta. Por esse motivo, a graça é considerada um escândalo (Cl 2.14; Ef 2.8,9). Pelo fato de não haver merecimento por parte do recebedor, o apóstolo enfatiza a impossibilidade de a graça e a lei “andarem juntas”, pois ambas são excludentes: “porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada” (Gl 2.16); pois como diz Atos dos Apóstolos: “mas cremos que seremos salvos pela graça do Senhor Jesus Cristo” (15.11). Logo, pela lei é impossível o pecador se salvar, mas dependendo única e exclusivamente da maravilhosa graça de Deus, ele encontrará descanso para a alma (Mt 11.28-30).
2. A divina graça incompreendida. Nos dias do apóstolo Paulo, muitos não compreenderam seus ensinamentos sobre a graça de Deus (2Pe 3.15,16). Por isso, ao longo da história da Igreja, dois extremos estiveram presentes acerca da compreensão da graça: (1) Liberdade total para pecar (Rm 6.1,2); (2) a impossibilidade de receber tão valioso presente (Gl 5.4,5). O primeiro, naturalmente, leva a pessoa à libertinagem. Entretanto, a Palavra de Deus mostra que maior castigo sobrevirá sobre os que profanarem o sangue do pacto e ultrajarem o Espírito da graça (Hb 10.29). O segundo extremo se refere ao perigo do legalismo, à ideia de que para ser salvo por Deus é preciso dar algo em troca. Tal atitude pode levar o crente ao orgulho espiritual (Ef 2.8-10) e gerar toda sorte de comportamentos hipócritas (Mt 23.23).
3. Se deixar presentear pela graça. Humanamente é impossível ao crente, alcançado pela graça, retribuir a Deus tão grande salvação. Se fosse possível, já não seria graça, favor imerecido; mas mérito pessoal que tiraria de Deus a autoria divina da salvação. Em nosso relacionamento com Ele, quem tem mérito é seu Filho, Jesus Cristo (Fp 2.9-11). Assim, os que compreendem o favor inefável de Deus, mediante sua graça, devem deixar-se presentear por ela. Quem compreende o que significa ser justificado por Deus se permite “embalar nos braços de amor e de perdão” do Pai. Para os filhos de Deus, cônscios do valor da graça do Pai, tudo é presente, tudo é dádiva, tudo é favor imerecido! Portanto, deixe-se presentear pela graça de Deus!
CONCLUSÃO
Na lição desta semana, estudamos a relação da Graça e a Lei; vimos que a graça é favor imerecido; e compreendemos que ela chega a ser um escândalo para os que não creem. Portanto, estamos cônscios de que o que nos salva é a graça de Deus mediante a fé somente (Ef 2.8). E o livre-arbítrio? É possível perder a salvação? São assuntos que veremos nas próximas lições.

sábado, 11 de novembro de 2017

MP de Lajes emite Recomendação sobre a Venda de Bebida no Comércio



Via robsoncabugi

RECOMENDAÇÃO
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, através da Promotoria de Justiça da Comarca de Lajes, no uso das atribuições conferidas pelo art. 129, incisos II e III, da Constituição Federal de 1988, pelo art. 27, parágrafo único, IV, da Lei n. 8.625/93 (Lei Orgânica Nacional do Ministério Público) e pelo art. 69, parágrafo único, “d”, da Lei Complementar Estadual n. 141/96 (Lei Orgânica Estadual do Ministério Público), e ainda, CONSIDERANDO que a Constituição Federal de 1988, em seu artigo 227, prevê que é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à saúde; CONSIDERANDO que a Lei 8.069/1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) adotou a doutrina da proteção integral à criança e ao adolescente, através da qual se devem garantir direitos e deveres da pessoa em desenvolvimento;
CONSIDERANDO que é função institucional do Ministério Público zelar pelos interesses sociais e individuais indisponíveis; CONSIDERANDO que constitui crime previsto no art. 243 do ECA, vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica ou, sem justa causa, outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica;
CONSIDERANDO que o artigo 258-C do ECA prevê que quem descumprir a proibição estabelecida no inciso II do art. 81 haverá possibilidade de aplicação da penalidade de multa de R$ 3.000,00 (três mil reais) a R$ 10.000,00 (dez mil reais) e Medida Administrativa de interdição do estabelecimento comercial até o recolhimento da multa aplicada;
CONSIDERANDO a permanente preocupação quanto ao consumo indiscriminado de bebidas alcoólicas pelos adolescentes em estabelecimento de lazer como bares e similares; CONSIDERANDO que, na forma da Lei e da Constituição Federal, todos têm o dever de colocar as crianças e adolescentes a salvo de toda forma de negligência, assim como prevenir a ocorrência de ameaça ou violação de seus direitos (cf. art. 227 da Constituição Federal c/c art. 4º caput, art. 5º, art.18 e art. 70, todos da Lei 8.069/90);
CONSIDERANDO o caráter protecionista do Estatuto da Criança e do Adolescente, que prevê, no seu art. 70, ser dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente;
CONSIDERANDO, por fim, que o Ministério Público pode expedir recomendações visando garantir o respeito aos direitos assegurados na Constituição Federal e Estadual, cuja defesa lhe cabe promover, fixando prazo razoável para a adoção das providências cabíveis;
RESOLVE RECOMENDAR:
1) A TODOS OS PROPRIETÁRIOS DE ESTABELECIMENTOS QUE EXPLOREM A COMERCIALIZAÇÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS NO MUNICÍPIO DE LAJES: que se abstenham de vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica, sob pena de responderem criminalmente pelo crime previsto no art. 243 do ECA cuja pena é de detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, fixando ainda em local visível cartaz (fornecido por este órgão) com a proibição;
2) AOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR DE LAJES e AGENTES JUDICIÁRIOS DE PROTEÇÃO: que ao tomarem conhecimento da contravenção e/ou crime em tela, comuniquem o fato imediatamente ao Delegado de Polícia e/ou Policiais locais, a fim de que sejam tomadas as providências necessárias, sem prejuízo da aplicação das medidas de proteção à criança ou adolescente que estejam em situação de risco e autuação pela prática de infração administrativa;
3) AO MUNICÍPIO DE LAJES, que quando da expedição de alvarás de funcionamento de estabelecimentos de lazer imponha a condicionante de colocação de cartazes advertindo da proibição de venda de bebida alcoólica a menores de 18 anos, com a finalidade de coibir a prática do crime descrito no art. 243 do ECA.
Determino ainda que a Secretaria desta Promotoria:
1-) Encaminhe cópia da presente recomendação ao CAOP Infância e Juventude e para publicação do Diário Oficial do Estado (DOE/RN);
2-) Encaminhe cópia da presente recomendação para imprensa falada e escrita local visando dar ampla publicidade, para ciência da população em geral; e aos proprietários de bares e congêneres para ciência direta;
3-) Encaminhe vias para a Delegacia de Polícia de Lajes, Cia. da Polícia Militar de Lajes, Prefeitura Municipal de Lajes, Conselho Tutelar de Lajes e corpo de Agentes Judiciários de Proteção dessa Comarca.
Requisite-se quando do encaminhamento da recomendação, que seja remetida a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 30 (trinta) dias, mediante ofício, resposta acerca das medidas adotadas para o seu cumprimento.
Lajes/RN, 23 de outubro de 2017.
Juliana Alcoforado de Lucena
Promotora de Justiça

Rádio Voz Profética uma Nova Mensagem no Ar

Operação da PF no Galeão combate entrada irregular de mercadorias




Fonte: Jornal do Brasil 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (7) a Operação Canal Fechado com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava no aeroporto do Galeão há mais de dois anos, e contava com a participação de um analista tributário da Receita Federal e de três funcionários da empresa que presta serviços terceirizados no aeroporto. O fiscal e os funcionários tinham como função viabilizar o desembarque de pessoas previamente determinadas sem que fossem regularmente fiscalizadas. O servidor público foi afastado de suas atividades por determinação judicial.
Além do afastamento, foram cumpridos também dois mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão. As investigações da PF apontam que os dois homens presos atuavam na cooptação de pessoas para trazer mercadorias do exterior, além de organizar a facilitação da chegada dos cooptados no Galeão, recebendo e revendendo os bens importados no mercado. Vários tipos de produtos eram trazidos irregularmente pela organização criminosa, como telefones celulares, relógios, perfumes e videogames. Dentre as pessoas que trouxeram mercadorias encontra-se um militar do Exército que atuou nas tropas brasileiras que serviram no Haiti.
As investigações tiveram início em janeiro deste ano com a prisão de um funcionário da empresa prestadora de serviços no aeroporto. Outro funcionário da mesma empresa também foi preso pela PF no mês de abril.
O analista tributário investigado foi indiciado pelo crime de pertencimento à organização criminosa e facilitação de contrabando ou descaminho e os dois homens presos por contrabando, descaminho e também por pertencimento à organização criminosa.

Sinpef Solidário em Nísia Floresta tem participação de 600 estudantes



Fonte: Potiguar Notícias 

Mais uma edição do projeto Sinpef Solidário foi realizado. Neste dia 9, aconteceu na Escola Municipal Yaya Paiva na cidade de Nísia Floresta. Cerca  de  600 estudantes participaram da programação do projeto. 
 
Houve total interesse nas palestras Contra o Uso de Drogas, Violência e Crimes Cibernéticos. Palestras a favor da leitura diária. Muita dinâmica como Sorteio de dezenas de livros e distribuição de exemplares aos professores e doações à Biblioteca da Escola. 
 
A ideia é aproximar da população do RN do Sindicato dos Policiais Federais (Sinpef). O presidente do Sinpef, José Antônio Aquino, explica que essa é uma "oportunidade dos policiais federais mostrarem para os cidadãos um pouco mais de seu trabalho, compartilhando informações valiosas".
 
A próxima etapa do Sindicato dos Policiais Federais Solidário, com o apoio da Federação Nacional dos Policiais Federais -  Fenapef  - acontecerá no município de  Parnamirim, em local e data  a serem agendados. 

MINISTÉRIO DE LOUVOR ADORADORES DO REI

“31 igrejas foram demolidas no DF”, denuncia Takayama



Fonte: JM NOTÍCIA 

O deputado federal Hidekazu Takayama (PSC-PR) gravou um vídeo explicando a importância da Frente Parlamentar Evangélica, da qual é presidente, citando como exemplo a demolição da igreja Assembleia de Deus Madureira em Vila Planalto, Brasília.
Segundo o parlamentar, a “frente parlamentar evangélica existe como uma ferramenta do povo cristão e das famílias cristãs nessa Casa” e serve para impedir legislações que sejam perigosas para as igrejas.
Takayama tomou conhecimento do caso, e criticou a fala da presidente da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), Bruna Pinheiro, que afirmou que a construção da igreja era irregular e, por isso, o Governo do Distrito Federal demoliu a igreja.
“Oras meus amigos, Brasília toda, inclusive o prédio do Congresso, está em área irregular, não tem documentos, então não me venha com essa conversa para prejudicar igrejas”, disse o parlamentar.
Segundo Takayama, essa foi a 31ª igreja a ser derrubada pelo Governo do DF na Vila Planalto. A Frente Parlamentar Evangélica participou de uma reunião com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB).
“O governador está sensível e ele precisa entender que nós cristãos somos 86,8%, somos maioria absoluta”, declarou o deputado. “Por que não destrói botecos, prostíbulos…” questiona.
Takayama ainda revela que a igreja demolida foi construída no terreno de um pastor, propriedade que ele tem há quase 50 anos. Portanto, não era uma área da prefeitura. Diante disto, a Frente Parlamentar Evangélica se posicionou para defender a igreja. “A igreja é a menina dos olhos de Deus”, completou o deputado.
Relembre o caso 
No final do mês de setembro, o bispo Manoel Ferreira, presidente vitalício da Assembleia de Deus Ministério de Madureira (CONAMAD), denunciou a ação do governo do Distrito Federal que demoliu um templo da Assembleia de Deus em Vila Planalto.
O bispo esteve no local durante a demolição e se mostrou inconformado com a ação do governo. O que tem aqui é exatamente a força do mais forte, como o governo é forte, ele está derrubando tudo o que pertence aos mais pobres. Aqui é um bairro pobre, sem nenhuma possibilidade e infelizmente é isso que estamos vendo”, lamentou o religioso.
Ao divulgar o caso na imprensa, o deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) também se posicionou  e gravou um vídeo questionando os motivos pela demolição da igreja. Para ele, o Governo agiu de forma criminosa. “Por ordem do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, que mandou demolir uma igreja evangélica Assembleia de Deus de forma criminosa, sem mandado judicial e sem aviso prévio”, declarou Feliciano.
O parlamentar evangélico se comprometeu em tomar atitudes para tirar a limpo as motivações do governo de derrubar a igreja. Além dessa denúncia, o deputado evangélico declarou que o bispo Manoel Ferreira, um homem com mais de 80 anos, foi desrespeitado pela equipe que não tinha, se quer, uma ordem de serviço para apresentar.