sexta-feira, 7 de julho de 2017

EM IPANGUAÇU, população queima pneus e fecha RN-118 após 4 mortes em acidentes



Fonte: G1 RN

Um protesto de moradores de Ipanguaçu, distante 214 quilômetros de Natal, fechou a RN-118 na manhã desta sexta-feira (7). Os manifestantes reclamam da má condição da via, que seria a explicação para vários acidentes no local.

Entre o último sábado (1º) e a segunda (3), três pessoas morreram em colisões na rodovia. A quarta vítima fatal, que havia sido socorrida para o hospital no sábado, morreu na última quarta(5), segundo os manifestantes. 

O protesto aconteceu cerca de um quilômetro após o centro de Ipanguaçu. Foi lá onde ocorreu o último acidente com morte, na segunda-feira (3).

Populares queimaram pneus e interditaram os dois lados da rodovia. De acordo com eles, a estrada só vai ser liberada quando receberem uma resposta do governo estadual sobre soluções para o problema.
  
"A gente quer alguma luz, porque os moradores não aguentam mais. Só vamos sair quando vier alguma resposta do governo, porque as autoridades já foram procuradas, mas não fizeram nada. A estrada está cheia de buracos que causam perigo e esses acidentes graves", dia a biomédica Alêssa Rocha, uma das manifestantes.

Segundo informações enviadas nesta sexta-feira (7) pela assessoria do governo a reforma da RN-118, no trecho entre Itajá e Macau será contemplada dentro do investimento de R$ 20 milhões aprovados pelo Ministério dos Transportes.


"Ainda sobre a RN- 118, existe um projeto executivo para restauração de um trecho de 54 km, com investimento de R$ 37 milhões, recursos oriundos do Governo Cidadão, por meio do acordo de empréstimo do Banco Mundial", informou em nota.