quarta-feira, 26 de julho de 2017

Não tem carro? Como o aumento do combustível também afeta seu bolso


Homem em supermercado

Fonte: BBC 

A elevação de impostos sobre combustíveis anunciada nesta semana pelo governo federal pesa no bolso não apenas de quem tem que abastecer.
A gasolina e o diesel mais caros pressionam os custos de uma série de serviços, do frete ao transporte público, e podem provocar alta nos preços de produtos que vão de alimentos a roupas, calçados e eletrônicos.
O maior impacto indireto vem do diesel. O efeito cascata do aumento sobre o transporte de mercadorias e, por consequência, sobre o preço de produtos vendidos em supermercados, shoppings e no comércio popular deve adicionar 0,18 ponto percentual à inflação de 2017, estima o economista Fabio Romão, da LCA Consultores.
Essa conta é dividida entre todos os consumidores, que pagam por pequenos aumentos em dezenas de produtos.