terça-feira, 17 de novembro de 2015

Mundo: Arqueólogos descobrem local onde Jesus Cristo teria sido julgado



Fonte: Marco Feliciano 

Arqueólogos anunciaram terem encontrado restos do palácio de Herodes, onde aconteceu a condenação, segundo narrativa do Novo Testamento, de Jesus Cristo. Um prédio antigo, abandonado em Jerusalém, não guarda apenas as marcas do tempo, mas relíquias  que podem ajudar a reconstruir a história.
O piso do antigo prédio escondia o palco de uma das mais famosas cenas bíblicas: o julgamento de Jesus Cristo. O prédio fica ao lado do Museu da Torre de Davi e no local o governador romano Pôncio Pilatos teria condenado Jesus à morte.
O achado divulgado pelo jornal americano “Washington Post”, foram encontrados durante escavações que tinham como objetivo inicial a expansão do Museu da Torre de Davi. O que se sabia até o momento é que o prédio, localizado no lado ocidental da cidade, havia sido usado como prisão quando a cidade estava sob domínio otomano e britânico.
Os cientistas sabiam que que a prisão estava naquele local, mas não imaginavam que embaixo dela havia uma relíquia histórica. penas agora, depois de anos de escavação e de atrasos causados por guerras e por falta de verbas, a descoberta está sendo exibida para o público em excursões organizadas pelo museu.
Professor de arqueologia da Universidade de Carolina do Norte em Charlotte, Shimon Gibson afirma que estudiosos estão quase certos de que o julgamento de Jesus ocorreu no complexo de Herodes. O episódio é descrito como tendo ocorrido “perto de um portão e em um pavimento de pedra irregular”. Os detalhes coincidem com os achados arqueológicos anteriores perto da prisão.