terça-feira, 17 de novembro de 2015

Prefeito vai cortar próprio salário em 20% a partir de Janeiro


 José Ronaldo (DEM) prefeito de Feira de Santana (Foto: Reprodução)

Fonte: Vn 

Em tempos de crise, o prefeito da cidade de Feira de Santana, José Ronaldo  (DEM), aderiu ao corte de gastos, porém ele tomou uma decisão inusitada sobre esse assunto, Ronaldo preferiu reduzir o seu próprio salário, para o município poder reduzir gastos.
De acordo com as informações divulgadas pela coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, a partir de janeiro, o democrata e seus comissionados vão ganhar 20% a menos. Além de Ronaldo, o presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Rony Miranda (PSDB) também terá salário reduzido.