quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Mossoró/RN: 'Aonde está o nosso dinheiro?'



Fonte: De Fato

em receber salários há cinco meses, os trabalhadores terceirizados da Prefeitura de Mossoró ocuparam as ruas do centro da cidade na manhã desta quinta-feira (19).
Com faixas e cartazes eles cobraram do prefeito Silveira Júnior (PSD) o destino do dinheiro público.
“Aonde está o nosso dinheiro?” – pergunta uma das faixas.
Em frente ao Palácio Rodolfo Fernandes, sede da Câmara Municipal, os trabalhadores se concentraram e discursaram em carro de bom.
Um dos manifestantes pediu a presença dos vereadores para apoiar o movimento.
Só apareceram os vereadores da oposição, no que os manifestantes reagiram:
“Vereadores do prefeito, você foram eleitos com o nosso voto e no próximo ano vão precisar outra vez. Daremos a resposta.”
Apoiando o movimento, o vereador Tomaz Neto (PDT) fez um discurso duro, sem meias palavras. “Esse é um prefeito irresponsável e desonesto, porque não se preocupa com o sofrimento do povo”, disse.
Essa é a situação de Mossoró, uma cidade rica, de arrecadação azeitada, mas o dinheiro não aparece.
- Salários dos terceirizados atrasados.
- Gratificações do pessoal da saúde atrasadas.
- Gratificações dos policiais das BICs atrasadas.
- Dívida de mais de R 1 milhão com as UTIs pediátrica e adulta que funcionam no Hospital Wilson Rosado.
- Atraso de pagamento de aluguel de prédio de creche, que foi fechada.
- Rombo de R$ 40 milhões com a Previ-Mossoró.
- Dívidas com fornecedores da saúde.
Aonde está o dinheiro?
Alô Ministério Público!

Edinaldo Moreno/Da redação
Uma comissão de trabalhadores de terceirizadas que prestam serviços a Prefeitura de Mossoró e estão realizando protestos pela falta de pagamento por partes das empresas foi recebida pelo secretário municipal da Fazenda, Jerônimo Rosado, onde foi discutida uma forma de amenizar a situação destes trabalhadores que estão com os salários atrasados.
À reportagem, Jerônimo Rosado informou que a expectativa é que na próxima semana o Município receba um repasse da ordem de R$ 13 milhões e irá repassar as terceirizadas para que elas paguem um mês aos funcionários.
“Nós nos reunimos hoje (quinta) com esta comissão e dissemos que a nossa expectativa é que na próxima semana tenhamos a possibilidade de equilibrar esta situação. Temos repasses para serem recebidos e com isso pagar as terceirizadas para que elas paguem pelo menos um mês aos funcionários”.
Ele ainda ressaltou que as terceirizadas terão de garantir que pagarão aos trabalhadores, já que consta em contrato que elas devem cumprir algumas cláusulas, como no caso de garantia no pagamento. “Também ficou definido que queremos a garantia das terceirizadas que façam o repasse aos trabalhadores, já que tem no contrato que elas devem garantir que o pagamento seja efetuado com regularidade. Temos uma situação com uma delas que está judicializada”.
Jerônimo Rosado ainda ressaltou que a Prefeitura pretende até o fim do ano colocar o repasse as empresas em dia, e que consequentemente, os funcionários também tenha o pagamento feito pelas terceirizadas em dia. “Acreditamos que até o final do ano colocaremos as contas em dia e os trabalhadores terão seus salários em dia. Para isso, contamos muito com a vinda destes recursos dos royalties. Entendemos que é uma necessidade do Município, como também de vários no Rio Grande do Norte que estão em crise e depende destes recursos para equilibrar as contas neste momento difícil”.
Adquira Já o Seu Lote!!