terça-feira, 11 de abril de 2017

Lista de Fachin tem ministros de Temer e mais de um terço do Senado


Nomes da lista de Fachin

Fonte: Elpaís 

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), já tomou a decisão de abrir quase uma centena de inquéritos com base na monumental delação de executivos da Odebrecht, a chamada delação do fim do mundo. A informação foi publicada no jornal O Estado de S. Paulo, e confirmada pela Corte horas depois. A investigação atingirá a cúpula do poder em Brasília: a lista de Fachin terá nove ministros do Governo Michel Temer, mais de um terço do Senado (29 senadores) e 34 deputados federais.
Em março, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a abertura de 83 inquéritos com base nas colaborações da Odebrecht com a Justiça e, desde então, Brasília vive clima de suspense à espera dos novos atingidos pela megaoperação. De acordo com o jornal, Fachin tomou a decisão em 4 de abril, de maneira eletrônica. Esta é a segunda lista de inquéritos da Lava Jato a atingir o alto escalão político brasileiro. A primeira, em março de 2015, tinha 50 nomes.
A segunda lista de inquéritos abarca, no Senado, nove dos 22 senadores do PMDB. A bancada do PSDB também consta na relação: sete de seus 11 senadores. O PT tem quatro parlamentares da Casa Alta alvo de inquéritos. Na Câmara o PT foi o partido mais atingido pelos pedidos: 11 parlamentares da legenda de um total de 58 constam na lista do Estado de São Paulo. Em seguida aparece o PP, com 5 deputados na relação.
A lista, se confirmada, atinge o alicerce político da gestão Temer, com ministros próximos do presidente e centrais na articulação das reformas que o mandatário pretende aprovar no Congresso. Seja como for, Temer repetiu a auxiliares ainda nesta terça-feira que segue a regra que ele mesmo criou: só serão afastados os ministros que se tornarem réus na Lava Jato, informa Afonso Benites, de Brasília. Por ora, eles são, segundo o jornal, apenas alvos de inquéritos. Além dos nove ministros alvo de inquérito, existe a expectativa que Temer indique o ex-senador peemedebista Luiz Otávio Campos para assumir a secretaria nacional de Portos. O ex-parlamentar também é alvo da Lava Jato. Ele é ligado aos clãs Barbalho e Lobão, do PMDB.

Ministros

Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil
Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência da República
Gilberto Kassab (PSD), da Ciência e Tecnologia
Helder Barbalho (PMDB), da Integração Nacional
Aloysio Nunes (PSDB), das Relações Exteriores
Blairo Maggi (PP), da Agricultura
Bruno Araújo (PSDB), das Cidades
Roberto Freire (PPS), da Cultura,
Marcos Pereira (PRB), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços

Senadores

Senador da República Romero Jucá Filho (PMDB-RR)
Senador Aécio Neves da Cunha (PSDB-MG)
Senador da República Renan Calheiros (PMDB-AL)
Senador da República Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
Senador da República Paulo Rocha (PT-PA)
Senador Humberto Sérgio Costa Lima (PT-PE)
Senador da República Edison Lobão (PMDB-PA)
Senador da República Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Senador da República Jorge Viana (PT-AC)
Senadora da República Lidice da Mata (PSB-BA)
Senador da República José Agripino Maia (DEM-RN)
Senadora da República Marta Suplicy (PMDB-SP)
Senador da República Ciro Nogueira (PP-PI)
Senador da República Dalírio José Beber (PSDB-SC)
Senador da República Ivo Cassol (PP-RO)
Senador Lindbergh Farias (PT-RJ)
Senadora da República Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Senadora da República Kátia Regina de Abreu (PMDB-TO)
Senador da República Fernando Afonso Collor de Mello (PTC-AL)
Senador da República José Serra (PSDB-SP)
Senador da República Eduardo Braga (PMDB-AM)
Senador Omar Aziz (PSD-AM)
Senador da República Valdir Raupp (PMDB-RO)
Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE)
Senador da República Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Senador da República Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)
Senador da República Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Senador Antônio Anastasia (PSDB-MG)

Deputados

Deputado Federal Paulinho da Força (SD-SP)
Deputado Federal Marco Maia (PT-RS)
Deputado Federal Carlos Zarattini (PT-SP)
Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM-RM), presidente da Câmara
Deputado federal João Carlos Bacelar (PR-BA)
Deputado federal Milton Monti (PR-SP)
Deputado Federal José Carlos Aleluia (DEM-BA)
Deputado Federal Daniel Almeida (PCdoB-BA)
Deputado Federal Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
Deputado Federal Nelson Pellegrino (PT-BA)
Deputado Federal Jutahy Júnior (PSDB-BA)
Deputada Federal Maria do Rosário (PT-RS)
Deputado Federal Felipe Maia (DEM-RN)
Deputado Federal Ônix Lorenzoni (DEM-RS)
Deputado Federal Jarbas de Andrade Vasconcelos (PMDB-PE)
Deputado Federal Vicente “Vicentinho” Paulo da Silva (PT-SP)
A imagem pode conter: 1 pessoa, telefone e texto