segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Imóveis visitados para combate ao Aedes aegypti ultrapassam os 356 mil no RN



Fonte: De Fato

Quase 35% dos imóveis no Rio Grande do Norte já foram visitados pelos agentes de saúde e militares das Forças Armadas para o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zika.
A informação foi divulgada na tarde da última sexta-feira, 5, no site do Ministério da Saúde.
Ao todo, na última semana, 356.648 dos 1.030.466 de imóveis estimados no estado, receberam equipes para identificação de focos e orientação aos moradores sobre medidas de prevenção ao vetor, conforme balanço da Sala Nacional de Coordenação e Controle (SNCC) de Enfrentamento à Microcefalia.
Este número representa 34,61% dos locais visitados. Dos 167 municípios potiguares, apenas um não recebeu a visita dos agentes, informa a Saúde.
Em todo o País, já foram visitados pelos agentes de saúde e militares das Forças Armadas para o combate ao Aedes aegypti 20,7 milhões, dos 67 milhões de imóveis estimados, o que representa mais de 30%.
Ao todo, 3.984 municípios, dos 5.570 definidos para serem vistoriados pelas equipes de combate, computaram as ações até 4 de fevereiro. Esse número é 25% superior ao verificado na semana anterior (3.183 cidades). Todos os estados e o Distrito Federal já registram as visitas realizadas no Sistema Informatizado de Monitoramento da Presidência da República (SIM-PR). 
Atualmente, o Piauí é o estado com maior percentual de imóveis vistoriados, com 74,6%, seguido da Paraíba (71,7%) e Minas Gerais (67,6%). Em números absolutos, Minas Gerais é a unidade federativa que mais realizou visitas, somando 4,8 milhões. São Paulo totalizou 3,8 milhões, e o Rio de Janeiro, 2,5 milhões. 
Durante as visitas, foram identificados 772,9 mil imóveis com focos do mosquito, o que representa 3,89% do total de visitados. A meta é reduzir esse índice de infestação para menos de 1% de imóveis com foco. A Sala Nacional contabilizou a recusa de acesso a 69.214 imóveis, além de 4,7 milhões de domicílios fechados. 
UF
Municípios com Visitas / Total de Municípios
Total de Imóveis
Imóveis Trabalhados
TOTAL
3.984 / 5.570
67.097.881
20.763.800 (30,95%)
Piauí
208 / 224
841.957
628.563 (74,66%)
Paraíba
220 / 223
1.177.843
844.843 (71,73%)
Minas Gerais
831 / 853
7.189.307
4.863.545 (67,65%)
Rondônia
52 / 52
474.400
311.046 (65,57%)
Mato Grosso do Sul
65 / 79
892.480
585.351 (65,59%)
Sergipe
70 / 75
611.386
344.429 (56,34%)
Ceará
183 / 184
2.495.573
1.086.610 (43,54%)
Rio de Janeiro
86 / 92
6.738.009
2.554.908 (37,92%)
Rio Grande do Norte
166 / 167
1.030.466
356.648 (34,61%)
Alagoas
99 / 102
890.930
297.145 (33,35%)
Maranhão
156 / 217
1.477.966
479.246 (32,43%)
Goiás
244 / 246
2.343.397
755.338 (32,23%)
Tocantins
74 / 139
447.460
141.787 (31,69%)
Distrito Federal
1 / 1
930.622
282.318 (30,34%)
Espírito Santo
59 / 78
1.348.991
369.374 (27,38%)
Acre
9 / 22
213.679
53.498 (25,04%)
Mato Grosso
103 / 141
1.047.747
280.022 (26,73%)
São Paulo
594 / 645
16.328.957
3.827.252 (23,44%)
Bahia
290 / 417
4.440.393
1.025.051 (23,08%)
Amazonas
40 / 62
886.361
180.194 (20,33%)
Pernambuco
80 / 185
2.833.053
489.257 (17,27%)
Roraima
11 / 15
135.171
20.735 (15,34%)
Paraná
233 / 399
3.734.729
524.943 (14,06%)
Amapá
4 / 16
193.300
24.723 (12,79%)
Pará
47 / 144
1.840.433
211.732 (11,50%)
Santa Catarina
28 / 295
2.416.910
181.108 (7,49%)
Rio Grande do Sul
31 / 497
4.136.361
44.134 (1,07%