domingo, 14 de maio de 2017

ENGIE começa fase de estaqueamento na Usina Solar Assu V - Brasil Energia no RN



As obras do Complexo Solar Assú, localizado na margem da BR-304, no município do Assú (RN), entraram numa nova fase. Após realizarem trabalhos de limpeza, topografia do terreno e terraplanagem das primeiras áreas da Usina Fotovoltaica Assu V, foi iniciada a fase de cravação das estruturas metálicas que servirão como suporte das placas solares. Os serviços de cravação seguem no ritmo esperado, conforme cronograma da ENGIE. 



As etapas de limpeza da área, terraplanagem e topografia avançam em paralelo nas demais áreas da futura usina. Por exemplo, a medida que é finalizada a terraplanagem de uma determinada área, é iniciada a cravação das estruturas neste mesmo local. Assim, o processo de terraplanagem segue para a próxima área, ocorrendo sucessivamente até que cubra todo o terreno do parque, com aproximadamente 72 hectares. Até o momento, foi realizada a terraplanagem de mais de 145.000 m² de área que compreende a Usina Assu V, num total de 716.000 m², significando 20% dos serviços executados. 

Serão instaladas um total de 21.152 estacas metálicas. “Mesmo com as atividades impactadas diretamente com as ocorrências de chuvas na região, nos últimos meses, com precipitações acima da média para o período, o cronograma da obra segue em dia. Esperamos com o início da fase seca que o ritmo de trabalho seja ainda mais acelerado”, ressalta o gerente de obras da ENGIE, Rafael Caldeira. Press release 05 de maio de 2017 ENGIE Brasil engie.com.br Com a conclusão da cravação das estruturas metálicas, os próximos passos serão a finalização da montagem dos trackers (dispositivo que orienta a posição dos módulos solares em direção ao sol), fixação dos módulo solares, montagem elétrica e realização dos testes finais de aceitação (avaliação final dos equipamentos) para, então, ocorrer a entrada em operação da Usina Fotovoltaica Assu V, previsto para o final de 2017.

O investimento da ENGIE é de cerca de R$220 milhões e a capacidade instalada é de 30 MW. Assu V é o primeiro de cinco parques que compõe o Complexo Solar Assú. Neste primeiro parque serão instalados 320 mil painéis para geração de energia. ENGIE Brasil Energia No Brasil, a ENGIE é a maior produtora privada de energia elétrica no país, operando uma capacidade instalada de 10.212 MW em 28 usinas em todo o Brasil, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. 

O Grupo possui 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes limpas, renováveis e com baixas emissões de gases de efeito estufa, posição que tem sido reforçada pela construção de novas eólicas no nordeste do país e por uma das maiores hidrelétricas do País, Jirau (3.750 MW), localizada no rio Madeira e que foi inaugurada em dezembro de 2016. O Grupo também atua na área de geração solar distribuída e oferece serviços relacionados à energia, engenharia e integração de sistemas, atuando no desenvolvimento de sistemas de telecomunicação e segurança, iluminação pública e mobilidade urbana para cidades inteligentes, infraestruturas e a indústria de óleo e gás. Contando com 3.000 colaboradores, a ENGIE teve no país em 2015 um faturamento de R$ 7 bilhões

PROPAGANDA É COM DUDÚ DA KOMBI